Art 60: Algumas dicas do Brain Harmony

O Brain Harmony é um programa que busca, como o nome diz, dar harmonia para o cérebro. Aqui coloco algumas dicas que ele propõe:

  1. Priorize pelo menos 7 horas de sono por noite.
  2. Procure entrar em contato com a natureza e com a luz do sol várias vezes durante o seu dia.
  3. Limite o tempo em que fica com o celular, computadores, ipads e outras telinhas.
  4. Regule a sua respiração (estimulando o nervo vago): inspire em 3 tempos pelo nariz e expire em 5 tempos pela boca.
  5. Estimule o contato com o corpo com práticas como massagem, esfoliação e quiropraxia.
  6. Considere a suplementação de ômega-3 e probióticos.
  7. Busque se engajar em atividades com outras pessoas diariamente.
  8. Limite entrar em contato com mensagens negativas ou imagens que estimulam a resposta de “lutar ou fugir”, quando nos sentimos estressados.
  9. Coloque ritmo no seu ambiente de trabalho e em casa ouvindo música que lhe faça bem. Altas frequências poderão ativar mais o seu cérebro.
  10. Bloqueie horários em sua agenda para atividades como meditação, exercícios físicos, ver o pôr do sol, jantar com a família, exercícios. Colocando as atividades na agenda ajuda a manter o seu cérebro mais organizado.
  11. Se você se sentir desmotivado, letárgico, experimente terminar o banho (ducha quente) com água fria. (Minha nota: E não deixe de checar seu estado nutricional, metabólico e hormonal)
  12. Se estiver inquieto, experimente deitar-se numa cadeira de balanço ou uma rede e deixar que o movimento lento o acalme.
  13. Use óleos essenciais que acalmam no ambiente onde passa bastante tempo:
    • Vetiver: um tônico para o sistema nervoso, estabiliza, aterra, diminui hipersensibilidades.
    • Ylang Ylang: usado para acalmar a frequência cardíaca, tem propriedades sedativas e pode ser usado para tratar a insônia.
    • Bergamota: reduz o estresse, a pressão arterial e a frequência cardíaca.

Fonte da imagem: https://gooutside.com.br/aromaterapia-oleos-essenciais/

Fonte do texto: Brain Harmony because connecting matters

Outros Artigos Relacionados: